Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2014

Homeopatia para o tratamento da Rinite Alérgica

Por Dr. Hylton Luz
Independente da estação do ano, o que se vê hoje em dia, pela procura aos prontos-socorros e consultórios pediátricos, é um grande aumento na incidência de doenças respiratórias, como a rinite alérgica, que acomete o nariz e os olhos. Os sintomas, facilmente confundidos com os da gripe, são desencadeados quando a pessoa respira um alérgeno, como pólen ou pó, e faz com que o corpo reaja por meio de irritação nos olhos, inchaço e produção de muco. A doença atinge cerca de 30% dos pacientes com menos de 17 anos atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e se torna cada vez mais agressiva, em função do uso de medicação alopática, uma vez que o uso contínuo das gotas nasais descongestionantes pode fazer com que o próprio sujeito vá, aos poucos, perdendo a noção do seu estado de normalidade, pois se acostuma a conviver com os sintomas e a incorporá-los como parâmetros de sua normalidade diante das situações às quais a vida lhe exige respostas. As manifestações da rinite alé…

Campanha Democracia na Saúde Já! reúne mais de 150 mil assinaturas

Campanha democrática para garantir escolha no tratamento de doenças ganha força Nem todas as pessoas que recebem atendimento em postos de saúde da rede pública sabem que existem opções além de do tratamento via alopatia com remédios e antibióticos. Considerando que a Política Nacional de Práticas Integrativas e Complementares, publicada em 2006, garante o acesso à informações e a diversidade de tratamento, o Dr. Hylton Luz, especialista em Práticas Integrativas e Complementares (PIC) de Saúde, lançou a campanha Democracia na Saúde Já! (http://www.ecomedicina.com.br/site/conteudo/assinatura.asp), que busca recolher assinaturas, através de abaixo assinado, para que todos os brasileiros exijam seu direito à liberdade de escolha na hora de receber um tratamento médico pelo sistema público de saúde, previsto na Portaria 971. Esta decisão ministerial propõe a implementação das (PIC), como homeopatia, fitoterapia e acupuntura, no Sistema Único de Saúde (SUS). Segundo o Dr. Hylton Luz, a campan…

10 mitos e verdades sobre a Homeopatia

Por Dr. Hylton Luz
Embora a homeopatia seja uma especialidade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina desde 1980, com pressupostos científicos estabelecidos, a prática é um sistema medicinal considerado alternativo. O tratamento acontece por meio de estímulos desencadeados por medicamentos homeopáticos com o intuito de reequilibrar a vitalidade do organismo dos pacientes. a medicação homeopática prescrita por especialistas, que antes de se tornarem homeopatas, possuem formação em medicina. Existem diversos tipos de mitos que envolvem o tratamento com a homeopatia:
1) Quem adere à homeopatia não deve fazer tratamentos alopáticos, para não misturar as coisas: Mito. Alopatia é a medicina mais usada no mundo ocidental. Já a homeopatia é um sistema terapêutico criado pelo médico alemão Christian Friedrich Samuel Hahnemann (1755-1843), que trata doenças com substâncias ativas ministradas em doses bem diluídas e dinamizadas . Em linhas gerais, a homeopatia propõe que se repense os …

Ácido lático na dor: mais exercício físico ou descanso?

Saiba por que temos dores musculares e como se comportar nos momentos de crise Durante muito tempo, associamos a presença do ácido lático às dores musculares, mas hoje sabemos que a causa da dor é a acidose tecidual, e o ácido lático é apenas um mecanismo de defesa, e não o vilão. A acidose tecidual leva à irritação da terminação nervosa sensitiva, causando a dor. Com o passar dos dias, o organismo neutraliza a acidose com a ajuda de substâncias chamadas piruvato e NAD e a dor diminui.  O melhor remédio para combater o excesso de ácido lático é mais exercício, só que em doses menores, segundo Rafael Munerato, clínico geral do Bronstein Medicina Diagnóstica. “O melhor procedimento para evitar a formação de ácido lático é, depois de um exercício, realizar, por alguns minutos, outro exercício (correr, pedalar, nadar) em menor intensidade. Esse procedimento ajuda a desintoxicar a musculatura porque uma parte do ácido lático, que também pode servir como fonte de energia, passa a ser queimad…

O que há de interessante para ler?

·O PODER DO HÁBITO Charles Duhingg. Ed. Objetiva
·ANSIEDADE – COMO ENFRENTAR O MAL DO SÉCULO Augusto Cury. Ed. Saraiva.
·O SABOR DA HARMONIA – RECEITAS AYURVÉDICAS PARA O BEM ESTAR Laura Pires. Ed. Rocco

·DETOX – PROGRAMA PARA DESINTOXICAR SEU ORGANISMO EM 7 DIAS! Andrea Henrique. Ed. Alfalivros
·A DIETA DOS NOSSOS ANCESTRAIS – Guia nutricional para perda de peso e manutenção da saúde Caio Augusto Fleury. Ed. Urbana
·SAÚDE: O MAIOR DOS PRAZERES Paulo Gusmão. Ed. All Print
·DIÁRIO DE UMA EX - GORDINHA Siluandra Scheffer. Ed. Best Seller Ltda.
·MALHAR, SECAR, DEFINIR – A ciência da musculação. Um guia sobre treinos, alimentação e suplementos que realmente funcionam.Michael Matthews. Ed. Lafonte. 





Bate papo com a Nutricionista Funcional e Ortomolecular Diana Jesoirens

Ao Conversar com a Nutricionista Diana, conhecemos um pouco mais deste mundo maravilhoso da nutrição e da Ortomolecular. Aprendemos dicas importantes sobre a nossa qualidade de vida e como melhora-la a cada dia.
“O que é a Nutrição Funcional? É aonde se investiga o paciente como um todo. São as mudanças realizadas no cardápio de uma pessoa a partir de um detalhado estudo e levantamento dos hábitos e características existentes de uma empresa, indústria, ou firma. Não analisa um problema apenas, não! A saúde é o principal ponto para ser investigado. O profissional da nutrição conversa com cada paciente para saber o que falta a ele ou o que está em excesso. Como é a rotina do paciente, seus hábitos e qualidade de sono. Assim, o profissional poderá prevenir doenças e melhorar a disposição de cada um, bem como reorganizar seus horários, rotinas, observar a digestão de cada um, a absorção dos alimentos, enfim é uma nutrição globalizada”, afirma Diana
A nutricionista funcional trabalha ajustan…

Primavera: estação de cuidados com a saúde

Especialistas alertam que a estação do reflorescimento pode agravar problemas respiratórios, reações alérgicas e outras doenças. Mesmo sendo uma das épocas mais belas do ano, a primavera também tem seus contratempos. Especialistas alertam que a estação do reflorescimento pode agravar problemas respiratórios, reações alérgicas e outras doenças. Nessa época do ano, por causa do pólen que se desprende das flores, é comum que muitas pessoas apresentem coriza, rinite alérgica, coceira no nariz e sintomas de resfriado que caracterizam, muitas vezes, uma alergia. Nas cidades mais populosas e movimentadas, a poluição prejudica a qualidade do ar, agravando ainda mais as doenças. Os casos de conjuntivite também são comuns nessa época. O aumento da temperatura juntamente com a umidade do ar torna os ambientes propícios à proliferação de fungos, ácaros e bactérias. Para o infectologista Alberto Chebabo, do Bronstein Medicina Diagnóstica, todas as épocas do ano possuem características que alteram o …

ECONOMIA VERDE E CRIATIVA

Imagem
POR UM MUNDO MAIS SUSTENTÁVEL


Hoje, o evento Green Nation Fest apresentou a palestra Alimentação e Saúde, e quem ministrou foi a Nutricionista Andrea Santa Rosa, que é pós - graduada em nutrição funcional e também em nutrição ortomolecular.



Você se alimenta corretamente? Como está sua saúde? O que você sabe sobre alimentação saudável? Ausência de doença é sinônimo de saúde? O que você sobre os impactos da vida moderna em nossa saúde? Você já passou por alguma situação como Stress, Fadiga Crônica, Depressão ou Insônia? Saiba como a Nutrição Funcional pode contribuir para uma vida com mais qualidade e aprenda como melhorar sua alimentação sem aumentar o orçamento no fim do mês.

UM MUNDO MAIS SUSTENTÁVEL POR GREEN NATION FEST

Imagem
Sustentabilidade em todos os sentidos



O Green Nation Fest, que está em sua segunda edição, vai promover no Museu da República, no Catete, uma série de atividades como seminários e oficinas, além de mostras de cinema ambiental. O melhor, tudo de graça. O evento acontece até sábado, 14 de setembro. O Museu da República funciona das 9 da manhã às 17h. Mais informações também pelo site www.greennationfest.com.br. Durante o evento, sete instalações interativas permitirão ao público experimentar a sustentabilidade na prática. Ao mesmo tempo exposições, oficinas, e, uma vasta programação cultural vai acontecer pelo museu.
De acordo com o diretor do festival, Marcos Didonet, o festival vai tratar o tema de forma descontraída para que todos possam participar e entender a seriedade do assunto.
Mais de vinte palestras nacionais e internacionais e sete eixos temáticos para falar sobre a economia verde e criativa vão acontecer no auditório do museu. Os visitantes poderão assistir e pensar um pouco so…